O que é Economia Circular? Entenda esse conceito

Publicado por artecola em

imagem de uma mão simbolizando a o que é economia circular

Você sabe o que é Economia Circular? Já ouviu falar neste conceito?

Cada vez mais debatida devido a sua importância, a Economia Circular pode ser definida como uma proposta que, ao mesmo tempo que é benéfica ao meio ambiente, também se apresenta como uma ideia inovadora, econômica e tecnológica, responsável por repensar os modelos atuais de trabalho.

Tida como um conceito dinâmico, contemporâneo e inovador, principalmente a partir da prática, a Economia Circular chega para trazer um diferencial e agregar mais valor aos processos produtivos e sustentáveis.

Siga a leitura deste artigo e saiba o que é Economia Circular, quais são os benefícios desse modelo de negócios e qual a importância desse conceito. 

O que é Economia Circular?

A Economia Circular se baseia em repensar ações por meio de uma prática sustentável.

Esse conceito vai muito além dos já conhecidos reduzir, reutilizar e reciclar, e se baseia em um melhor uso dos recursos naturais, aliando sustentabilidade e desenvolvimento econômico.

Ou seja, a economia circular traz uma proposta de mudança na hora de desenhar, produzir, consumir e comercializar produtos, a fim de garantir o uso e a recuperação inteligente dos recursos naturais. 

O conceito é tido como um aperfeiçoamento do sistema econômico atual, unindo práticas sustentáveis com tecnologia, modernidade e desenvolvimento.

Esse modelo mais sustentável vai na contramão da economia linear e propõe que os resíduos, por exemplo, possam ser reaproveitados continuamente, tornando-se úteis e dessa forma contribuindo para o meio ambiente.

De acordo com a Organização Internacional de Normalização (ISO), o conceito pode ser definido como “um sistema econômico que utiliza uma abordagem sistêmica para manter o fluxo circular dos recursos, por meio da adição, retenção e regeneração de seu valor, contribuindo para o desenvolvimento sustentável.”

A Economia Circular se baseia em três princípios fundamentais:

  • Preservação e aprimoração do capital natural, com a restauração e regeneração dos recursos naturais; 
  • Maximização do rendimento de recursos, que leva a uma redução dos desperdícios e à circularidade dos mesmos;
  • Estimulação da efetividade do sistema, responsável por gerar impactos positivos para todas as partes interessadas.
imagem ilustrativa do que é economia circular
Crédito: Carinho Eco Green

Quais são os benefícios da Economia Circular?

Agora que você já sabe o que é Economia Circular e conhece as principais características desse modelo sustentável, vamos apresentar alguns benefícios que esse método apresenta.

Reduz o descarte e o acúmulo de resíduos

O grande acúmulo de resíduos e o descarte incorreto são problemas de longa data, principalmente no Brasil.

Com a Economia Circular, esse descarte não ocorre, pois os resíduos são transformados em insumos, em nova matéria-prima.

Isso faz com que haja uma redução no descarte e também no acúmulo dos resíduos, o que proporciona uma melhor utilização dos recursos naturais.

Pode reduzir danos ambientais

Adotar uma estratégia sustentável como a Economia Circular traz vantagens consideráveis para o meio ambiente e pode contribuir para reduzir danos ambientais, como aquecimento global e a poluição.

A Economia Circular traz uma proposta de regeneração do meio ambiente, com o objetivo de produzir sem esgotar os recursos naturais e sem poluir o meio ambiente, sendo assim responsável pela preservação do planeta.

Evita a escassez dos produtos

Com a chegada da Economia Circular, a tendência é que o modelo linear perca a força, principalmente por se tratar de um método onde ocorre a  exploração excessiva de recursos naturais.

Dessa forma, com o modelo tradicional, a escassez dos recursos fica cada vez mais acentuada, o que não ocorre com a Economia Circular.

Reduz custos e gera valor

Outra vantagem da Economia Circular está na redução de custos e geração de valor, fatores que estão atrelados.

Em relação aos custos, pode-se destacar o melhor aproveitamento dos materiais, redução dos desperdícios, maior efetividade nos sistemas de produção e uso de um produto como serviço, por exemplo.

Esse modelo também promove a geração de valor, fazendo com que os resíduos tenham vida útil, ou seja, facilita a transformação de produtos e serviços em matéria-prima por meio de um ciclo contínuo que permite reutilizá-los.

Importância da Economia Circular para as empresas

A mudança para um modelo de Economia Circular requer mudanças nas empresas, não só no posicionamento como também consiste em repensar ações internas de produção e desenvolvimento.

O primeiro passo para a transição consiste em analisar as oportunidades de inovação do atual modelo de negócio de modo a possibilitar a criação de melhores processos, produtos e serviços.

Alguns fatores fundamentais que devem ser considerados são liderança, maturidade organizacional, cultura, gestão, governança, tipos de produtos ou serviços e mercado.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em 2019 revelou que, no Brasil, 76% das empresas já desenvolvem alguma iniciativa de economia circular.

O mesmo estudo também constatou que mais de 88% dos empresários avaliam a economia circular como muito importante para a indústria brasileira.

Com a adoção da economia circular, as empresas entendem que suas práticas podem contribuir para a geração de empregos, atrair novos investimentos, promover maior eficiência operacional e acelerar o crescimento econômico, além de adotar práticas mais sustentáveis e benéficas ao meio ambiente.

Artecola adota Economia Circular em seu modelo de negócios

A busca por ações e práticas sustentáveis sempre foi o foco da Artecola. 

Por isso, a empresa adota, cada vez mais, os princípios da Economia Circular em seus modelos de trabalho e desenvolvimento, aliando inteligência sustentável com tecnologia e modernidade.

Um exemplo de transformação gerada pela visão sustentável da Artecola é a produção de adesivos hot melt e à base d’água entregues ao setor calçadista. 

“Estamos muito focados em tecnologias sustentáveis, que realmente possam diminuir o impacto ambiental e contribuam para uma produção mais consciente. Nosso desafio é sensibilizar o mercado para esta necessidade”, ressalta Eduardo Kunst, Presidente Executivo da empresa.

Se você gostou deste conteúdo sobre o que é Economia Circular, aproveite para ler mais assuntos relacionados em nosso blog

Para mais informações sobre nosso trabalho e nossos produtos, entre em contato

Categorias: Sem categoria

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.